As big tec se afastam da mídia tradicional

22-01-2018

 

Facebook, Google e Amazon, as chamadas big tec, estão sofrendo pressões políticas e regulatórias cada vez maiores e não querem assumir a função de guardiões de informações, de escolher o que é falso e o que é verdadeiro, o que é ofensivo e o que não é. Por isso começaram a se distanciar da mídia tradicional. A constatação é do jornalista e escritor Franklin Foer, autor de World Without Mind – The existential threat of big tech (Mundo sem mente – A ameaça existencial do big tec), que deve ser lançado no Brasil no meio do ano.

Em entrevista à repórter Patrícia Campos Mello, da Folha de S. Paulo, Foer diz que este processo de afastamento será saudável para todos. “A mídia se tornou dependente do Facebook para tráfego e faturamento e isso distorceu as escolhas editoriais feitas nas empresas jornalísticas e reduziu a qualidade. Espero que a mídia pare de fazer textos e produtos para atender às demandas dos algoritmos.”

Leia a íntegra da entrevista aqui.