1. Home
  2. >
  3. Não deixe de ler
  4. >
  5. Genoma dos madrugadores os protege da...

Genoma dos madrugadores os protege da depressão

Compartilhe
TwitterFacebookWhatsApp

CURIOSIDADE

 

 

 

Os cientistas chamam de cotovia o tipo de pessoa que sai da cama com facilidade e é mais produtivo pelas manhãs. Seu cronotipo – este é o nome técnico para cada padrão de sono e de atividade – é oposto ao dos corujas, que trabalham melhor à noite e se deitam e levantam tarde, de acordo com as convenções sociais. Um novo estudo, publicado na Nature Communications, revela que aqueles que são geneticamente programados para acordar cedo têm menos risco de ter doenças mentais, como depressão ou esquizofrenia. Além disso, eles dizem se sentir melhor que os outros, informa o repórter Bruno Martín em reportagem para a edição brasileira do El País.

Sabia-se que a genética de cada indivíduo condiciona sua facilidade para seguir um ou outro horário. Mas as pesquisas anteriores identificaram apenas um punhado de genes relevantes para o cronotipo, e os estudos que buscaram uma ligação com a saúde só encontraram correlações, e não causalidade. O novo trabalho, que analisou o genoma de 697.828 pessoas, conclui que há pelo menos 351 genes que predispõem uma pessoa a ser coruja ou cotovia, centenas mais do que os 24 que se conheciam. Ao determinar quais variantes genéticas compartilham as cotovias, os pesquisadores foram capazes de estabelecer uma relação de causa e efeito entre ser madrugador e gozar de melhor saúde mental.

 

Leia aqui a íntegra da reportagem do El País.

  Publicações

  Para pensar