São Paulo ganha biblioteca hi-tech para deficientes visuais

02-03-2018

Acoplado à haste de um óculos, identifica o texto apontado pelo usuário, fotografa, escaneia e o transforma em arquivo de áudio

São Paulo acaba de ganhar uma biblioteca única. A Unibes Cultural abriu nesta quinta-feira (1) a Bibliotech, espaço que oferece a deficientes visuais óculos equipados com um dispositivo conhecido como Orcam My Eye. Acoplado à haste de um óculos, identifica o texto apontado pelo usuário, fotografa, escaneia e o transforma em arquivo de áudio, de forma que possa ser “lido” para quem usa por meio de um fone de ouvido.

A Bibliotech foi aberta com um acervo inicial de 300 títulos escolhidos por críticos literários. O espaço dispõe de oito óculos com Orcam My Eye, tecnologia desenvolvida em Israel.

“Nossa missão é auxiliar pessoas com deficiência visual para que possam estudar, trabalhar e viver suas vidas com independência”, diz Ziv Aviram, cofundador e CEO da OrCam, que esteve presente na inauguração da Bibliotech. O dispositivo foi criado por ele pelo professor da Universidade de Jerusalém, Amnon Shashua. Trata-se de tecnologia que usa algoritmos de inteligência artificial.

A Bibliotech fica na Unibes Cultural, em São Paulo, localizada à rua Oscar Feire, 2500, ao lado da estação Sumaré do Metrô. Funciona de segunda a sábado das 7h às 19h. A inauguração da biblioteca foi tema de reportagem da TV Globo.

Assista aqui