Matarazzo destaca ações de mandato e experiência adquirida na câmara

Compartilhe
TwitterFacebookWhatsApp

São Paulo

Neste sábado, 31 de dezembro de 2016, termina meu mandato de quatro anos como vereador na Câmara Municipal de São Paulo. Decidi me candidatar a uma vaga de vereador por nossa cidade em 2012 quando abri mão de disputar as prévias à prefeitura de São Paulo para meu amigo José Serra. Entendia que era um caminho interessante para me preparar ainda mais para um dia ser prefeito de nossa cidade.

Andrea Matarazzo durante audiência na Câmara Municipal.

Hoje mais do que nunca sei o quanto me foi importante este aprendizado. Primeiro pelo convívio com outros 54 vereadores de diversos bairros da cidade. Depois, por agora entender o quanto é possível aprimorar o relacionamento do poder executivo com o poder legislativo tendo como resultante a melhoria na administração da cidade. Ao mesmo tempo, pude ver na prática que a cidade já vota em vereador de forma distrital e que estes representantes conhecem melhor do que ninguém os problemas das regiões e as demandas prioritárias da população de seu território de atuação.

Tive a oportunidade de liderar a oposição nesta gestão do prefeito Haddad onde conseguimos bons resultados como, por exemplo, impedir o absurdo aumento de IPTU proposto pela administração no final de 2012. Como presidente da Comissão de Política Urbana e Meio Ambiente conseguimos fazer mudanças importantes para melhorar o projeto do Plano Diretor enviado pelo executivo. Fizemos mais de 60 audiências públicas acatando a maior parte das sugestões da sociedade. Infelizmente a prefeituranão acatou integralmente o nosso relatório.

Ocupei diuturnamente os microfones do plenário fazendo oposição e propondo alterações ou melhorias em projetos do executivo. Estive presente em 98% de todas as reuniões ordinárias e extraordinárias que acontecerem nestes quatro anos.

Fiz projetos de leis que, pela minha experiência de cinco anos em diversas secretarias municipais, facilitariam e melhorariam a gestão da cidade. Alguns exemplos:

Lei da comida de rua

Lei de incentivo à cultura- ProMac

Lei da poda de árvores

Lei que autoriza a prefeitura a regularizar creches em antigas áreas irregulares

Lei que regulamenta a Virada Cultural em toda a cidade (prevendo segurança, limpeza)

Lei que estabelece o Mapa de Ruído

Lei de Isenção de IPTU para teatros

Lei de Calçadas, infelizmente esta vetada pelo prefeito

Neste link podem ser vistas todas as leis que foram sancionadas, vetadas ou que ainda não foram para a segunda votação

Nestes quatro anos, provavelmente fui o vereador com mais projetos de lei sancionados pelo prefeito. Sendo de oposição isto mostra que os projetos eram bons para a cidade e que Haddad não levou em conta o fato de eu ser líder da oposição na hora de sancionar leis, ao que muito agradeço.

A todos vocês que me acompanharam nesta jornada e a todos os 117.880 eleitores que acreditaram em mim, a minha mais profunda gratidão pela confiança.

O meu muito obrigado pelo apoio aos meus acertos, pelas críticas e compreensão.

* Andrea Matarazzo é vereador pelo PSD por São Paulo. Foi Subprefeito da Sé, Secretário Municipal de Serviços e de Coordenação das Subprefeituras.

  0 Comentários

  Publicações

  Para pensar