Pesquisar

tempo de leitura: 3 min salvar no browser

Nova etapa na luta pela participação da mulher na política

Em artigo, Alda Marco Antonio, coordenadora nacional do PSD Mulher, fala sobre encontros regionais que começam esta semana, no Nordeste.

Alda Marco Antonio

Alda Marco Antoniocoordenadora nacional do PSD Mulher

Nesta sexta-feira (28), o Partido Social Democrático (PSD) dará início a mais uma importante fase de seu trabalho para ampliar a participação das mulheres na política. Vamos reunir em Natal, no Rio Grande do Norte, representantes do PSD Mulher em 9 Estados da região Nordeste. No evento, que será o primeiro de uma série de 5 Encontros Regionais – que, além do Nordeste, acontecerão também no Norte, Centro-Oeste, Sudeste e Sul – teremos a oportunidade de discutir a importância da campanha nacional por mais mulheres na política, o estágio em que se encontra o PSD Mulher de cada Estado e a implantação do nosso movimento nos diretórios municipais.

Essa nova etapa de trabalho acontece num momento muito importante para todas as brasileiras. No primeiro turno das eleições deste ano, pela primeira vez em nossa história, havia duas mulheres em condições de favoritas a passarem para a fase seguinte do processo eleitoral​, culminando com a reeleição da presidenta Dilma Roussef. Foi, sem dúvida, um fato importante na batalha pela ampliação da participação feminina na atividade política em nosso país. Outro número que precisa ser comemorado é o de candidatas à Câmara Federal que participaram da eleição: houve um salto expressivo, chegando a 1.765, contra 935 em 2010, com aumento de 88,77%.

Apesar disso, as urnas mostraram um resultado ainda insuficiente: menos de 10% dos novos deputados federais eleitos são mulheres. Uma representação desproporcional, quando se considera que as mães, professoras, executivas, empresárias, donas de casa e trabalhadoras de todas as áreas representam 51% da população.

Embora ainda muito baixo esse percentual mostra um crescimento em relação à eleição anterior, quando apenas 45 mulheres chegaram à Câmara Federal. Desta vez, foram 51 eleitas. No Senado, foram escolhidas cinco senadoras entre as 27 vagas disponíveis. Elas vão dividir espaço com outras seis que cumprem mandato até 2019. Com isso, serão 11 de um total de 81 senadores, ou 13,6% da Casa.

No caso das assembleias estaduais, a situação se repetiu. Dos 1.059 deputados estaduais eleitos neste ano, apenas 121 são mulheres, ou 11,4% do total, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

E aqui quero fazer uma homenagem especial às candidatas de nosso partido. Foram 172 guerreiras que, distribuídas por todo o País, levaram as bandeiras do PSD até o eleitorado, mostrando as propostas que temos para o desenvolvimento econômico e social brasileiro e contribuindo para fortalecer nossa legenda, preparando caminho para os passos mais ambiciosos que daremos no futuro.

Este ano tivemos uma eleição atípica, na qual se somaram muitas dificuldades às que já fazem parte desse trabalho árduo que é conquistar eleitores. Nosso partido, porém, manteve sua força. Recebeu cerca de 21 milhões de votos em todos os Estados e permaneceu como a quarta maior legenda do País, à frente de siglas bem mais antigas.

Entre suas candidatas, o PSD elegeu seis deputadas estaduais,em quatro Estados. Sãoelas: Ivana Bastos e Angela Souza, da Bahia; Janaina Riva, do Mato Grosso; Delegada Martha Rocha, do Rio de Janeiro; Marta Costa e Rita Passos, de São Paulo.

A elas, em nome de todas as companheiras que integram o PSD Mulher, envio meus parabéns e o meu muito obrigada, extensivos a todas as mulheres que, de uma forma ou de outra, ajudaram nosso partido a se consolidar nessas eleições.

Eleitas ou não, elas realizaram um trabalho inestimável para nosso partido e para toda a Nação brasileira. Graças a elas, demos mais um passo em direção ao momento em que as mulheres terão, na política e nas demais instâncias da vida, plena participação nas tomadas de decisão, contribuindo de forma efetiva para o avanço de nossa sociedade.

Vamos, agora, prosseguir nessa luta. Espero vê-las em um dos Encontros Regionais que vamos organizar. Há muito a ser feito!

Até lá!


ˇ

Atenção!

Esta versão de navegador foi descontinuada e por isso não oferece suporte a todas as funcionalidades deste site.

Nós recomendamos a utilização dos navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox ou Microsoft Edge.

Agradecemos a sua compreensão!