Futurólogo britânico reflete sobre o boom de inovações nesta década

Compartilhe
TwitterFacebookWhatsApp

NÃO DEIXE DE LER

 

Ben Hammersley considera muito mais saudável que as próprias plataformas se regulem na forma como promovem e sugerem conteúdo.

 

Além de cunhar o termo “podcast”, Ben Hammersley escreveu livros a respeito de disrupção digital, consagrando-se como prestigiado palestrante e consultor sobre cibersegurança, inovação e tendências no mundo do trabalho.

Em entrevista concedida à Edward Pimenta para o jornal O Globo, ele discorre a respeito de temas urgentes do nosso tempo. Reflete sobre o poder das redes sociais, inteligência artificial, além das mudanças climáticas, entre outras questões.

Hammerlev não concorda com uma maior regulação das redes sociais por parte dos governos, por considerar um caminho perigoso que pode levar à censura. Ele considera muito mais saudável que as próprias plataformas se regulem na forma como promovem e sugerem conteúdo.

Com relação às previsões que apontam para um boom de inovação nesta década, por conta de enormes investimentos em ciência e tecnologia, o britânico pondera que uma próxima grande inovação sempre será maior que a anterior, como mostra a história da humanidade.

Ben Hammersley considera, ainda, que apesar de hoje falarmos muito sobre tecnologia, as invenções da penicilina, avião, máquina de lavar, pílula anticoncepcional, ar-condicionado e geladeira mudaram o mundo muito mais do que o surgimento da videoconferência. Para ele é difícil dizer se teremos inovações nos próximos anos de nível equivalente ao que foi a do avião.

 

Leia a entrevista na íntegra (para assinantes de O Globo)

  Publicações

  Para pensar