Google ajuda a mapear o cérebro humano

Compartilhe
TwitterFacebookWhatsApp

NÃO DEIXE DE LER

Pesquisa de Harvard obteve um pequeno pedaço de cérebro de uma paciente com epilepsia resistente a medicamentos

 

Com um simples clique é possível acessar um mapa virtual do cérebro humano. Criado a partir de um estudo da Universidade de Harvard em conjunto com o Google, o mapa de três dimensões de conexões tem cerca de 700 vezes a capacidade de um computador moderno. O mapeamento pode ser acessado gratuitamente e revela detalhes impressionantes, mostrando 130 milhões de sinapses.

Entenda na reportagem de Laura Pancini, para a revista Exame, como funciona essa poderosa ferramenta capaz de detectar um possível novo neurônio (leia a íntegra).

A pesquisa de Harvard obteve um pequeno pedaço de cérebro de uma paciente com epilepsia resistente a medicamentos. A amostra foi cortada em fatias de cerca de 30 nanômetros de espessura (o equivalente a um milésimo de largura do cabelo humano) e fotos de cada uma delas foram produzidas.

Para integrantes do time da Harvard, o conjunto de dados é considerado “um tesouro para os próximos anos”. Já a equipe do Google foi capaz de novas descobertas sobre como nosso cérebro é conectado.

  Publicações

  Para pensar