Google escuta conversas privadas de usuários

Compartilhe
TwitterFacebookWhatsApp

TECNOLOGIA

 

 

O Google escuta conversas privadas de seus usuários em português e espanhol. A empresa admitiu que “especialistas em idiomas” ouvem 0,2% das conversas que os usuários mantêm com seu assistente virtual, depois de um vazamento de áudios em holandês para uma televisão belga. Mas não especificou em que línguas a escuta é realizada. No entanto, segundo reportagem do El País, que entrou em contato com os transcritores da empresa, há anos o Google vem adotando essa prática com gravações privadas em diferentes idiomas, incluindo espanhol e português. Na Espanha, o Google não quis dar esclarecimentos sobre o assunto.

Em princípio, a escuta de áudios é feita para melhorar o funcionamento do Google Assistente. Ou seja, para que o assistente seja capaz de entender melhor o que os usuários falam. Este trabalho levanta algumas dúvidas principalmente pelo vazamento que pode ocorrer de dados sensíveis. Em especial quando se conhecem as condições de trabalho dos encarregados das transcrições, pelo menos de uma boa parte deles: são cerca de 5.000 gravações ouvidas por semana por revisor, não são funcionários do Google, mas de uma terceirizada, têm um contrato por trabalho e serviço ou até mesmo como freelance e, no caso da Espanha, dificilmente ganham o salário mínimo. Leia aqui a íntegra da reportagem de Hugo Gutiérrez para o El País.

  Publicações

  Para pensar