O experimento que capturou e transportou a luz

Compartilhe
TwitterFacebookWhatsApp

NÃO DEIXE DE LER

 

Conquista é um avanço no desenvolvimento da computação quântica e das comunicações.

 

Em um experimento recente, uma equipe de pesquisadores da Alemanha conseguiu capturar uma porção de luz, colocá-la em uma “mala” e levá-la para outro lugar, revela reportagem da BBC News Brasil (leia a íntegra aqui).

Tudo ocorreu a uma escala invisível a olho nu, em uma câmara de vácuo sob condições controladas dentro de um laboratório, mas a conquista é um avanço no desenvolvimento da computação quântica e das comunicações.

Transportar luz como se fosse um objeto sólido parece muito impressionante, mas é também a chave para a descoberta da capacidade de “transportar a informação que a luz contém”, de acordo com Patrick Windpassinger, físico da Universidade de Mainz e líder da pesquisa que foi publicada na revista especializada Physical Review Letters.

Transmitir luz não é algo novo. A luz pode viajar, por exemplo, através de um cabo de fibra óptica.

A diferença é que desta vez a luz foi armazenada em uma “mala” de memória quântica de luz e transportada por uma esteira óptica.

  Publicações

  Para pensar