Pesquisar

tempo de leitura: 2 min salvar no browser

Por que o Japão oferece dinheiro para famílias deixarem Tóquio

Governo quer revitalizar as províncias fora da capital, onde os moradores envelhecem em ritmo acelerado

 

 

 

Texto: Estação do Autor com BBC News

Edição: Scriptum

 

Além de sua superpopulação, o Japão tem a maior taxa per capita de pessoas acima de 65 anos no mundo. Para revitalizar as províncias fora da capital, onde os moradores envelhecem em ritmo acelerado, o governo está oferecendo um subsídio de 1 milhão de ienes por filho para famílias jovens se transferirem para o interior do país.

Outro objetivo da medida é reduzir a densidade populacional da área metropolitana da capital, que abriga quase um quarto da população total do Japão. Leia na reportagem da BBC News o que levou Tóquio a ser a cidade mais populosa do planeta, ao mesmo tempo em que algumas regiões se encontram despovoadas, com escolas em desuso e vilarejos inteiros abandonados.

O novo valor do subsídio a ser pago a partir de abril representa um acréscimo de 700 mil ienes ao oferecido atualmente às famílias para realocação. Um estímulo para aumentar a adesão à medida. No último ano fiscal, apenas cerca de 2.400 pessoas aproveitaram os benefícios oferecidos para sair da capital.

Também para encorajar as famílias, a emissora pública do Japão, a NHK, começou a apresentar uma série de reportagens mostrando as vantagens de viver no interior. Erika Horiguchi, que mora em Tóquio com o marido e a filha, declarou ao jornal Financial Times que, ao ver o programa, chegou a pensar a respeito, mas não se convenceu. A cidade de Tóquio continua sendo um ímã para os mais jovens.


ˇ

Atenção!

Esta versão de navegador foi descontinuada e por isso não oferece suporte a todas as funcionalidades deste site.

Nós recomendamos a utilização dos navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox ou Microsoft Edge.

Agradecemos a sua compreensão!