Filiados e militantes do Piauí debatem as propostas do Espaço Democrático

Compartilhe
TwitterFacebookWhatsApp

Afif explica como funcionam as ferramentas digitais do PSD

Cerca de 700 filiados e militantes participaram na manhã desta sexta-feira (18), em Teresina, do 1º Encontro Estadual do Partido Social Democrático (PSD) no Piauí. O evento reuniu representantes do partido de todo o Estado e também lideranças como o governador piauiense Wilson Martins (PSB), segundo quem “o PSD é um parceiro importante na verdadeira construção do Estado e nas transformações de nossa gestão”. Também estavam presentes líderes como o presidente do diretório estadual do PSD, deputado federal Júlio César Lima, o deputado federal Hugo Napoleão e o vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif, que preside o Espaço Democrático, fundação do PSD para estudos e formação política.

Além de ser a primeira reunião conjunta dos líderes e da militância do partido no Piauí, o encontro permitiu também a realização do 6º Seminário “PSD – Um Partido Ligado no Brasil”, que vem sendo apresentado pelo Espaço Democrático em diversas capitais, com o objetivo de debater as bandeiras defendidas pelo partido e apresentar as ferramentas criadas para a interação de filiados e simpatizantes. O seminário já foi realizado em Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Goiânia e Rio de Janeiro.

O governador Wilson Martins e o deputado Julio César

Em sua palestra, o vice-governador paulista explicou que o PSD é um partido sintonizado com seus filiados e simpatizantes, através das redes sociais. “Mas não dispensamos o contato pessoal e por isso viemos chamar a militância para participar do projeto pelo qual a Fundação Espaço Democrático é responsável. Vamos elaborar um programa de governo não nos gabinetes, mas juntamente com a base e com a ajuda da moderna tecnologia, das redes sociais”, explicou.

Segundo Afif, no Piauí o PSD mostrou uma grande força, teve apoio e simpatia do próprio Governo do Estado. “O PSD nasceu aqui com uma marca de simpatia. A sociedade nos recebeu bem”, afirmou, lembrando que a melhor distribuição de impostos é uma das grandes bandeiras do PSD. “Hoje nós pagamos muitos impostos, mas isso não retorna em termos de serviços, educação, saúde, segurança. Quem faz isso são os Estados e Municípios, que não ficam com os recursos. Quem fica com eles é a União”. De acordo com Afif, em resumo, o município está perto dos problemas, mas longe dos recursos.

Ao falar sobre as ferramentas da internet colocadas à disposição dos militantes, tal como sites, a Rede 55 e espaços nas redes sociais, Afif explicou que o partido mantém permanente contato com seus filiados e simpatizantes, ouvindo-os sobre questões relevantes. Um exemplo, disse, é a possibilidade de fazer consultas instantâneas, via SMS. Para demonstrar essa possibilidade, convidou os presentes a responderem por SMS, via celular, à seguinte pergunta: “Em sua opinião, quem na federação deveria ficar com a maior parte dos recursos públicos?”. Em minutos, as respostas chegaram: para 89%, o dinheiro deveria ficar com os Municípios, enquanto 5% votaram nos Estados e 6% na União.

Segundo o presidente do PSD-PI, deputado federal Júlio César, o encontro de Teresina possibilitou ainda o início da preparação dos pré-candidatos do partido a prefeito e vereador para a campanha deste ano. “Essa é a primeira eleição do partido e queremos ser testados nas urnas”, afirmou.

Afif e o deputado federal Hugo Napoleão

Com esse objetivo, os participantes do evento puderam assistir também palestras de especialistas como o advogado Waldemar Fernandes, que falou sobre a legislação eleitoral, prestações de contas da campanha e o que pode e o que não pode ser feito na propaganda dos candidatos. Em seguida, o publicitário Aurizio Freitas, da Associação Brasileira dos Consultores Políticos, falou sobre marketing político para vencer as eleições. Moriael Paiva, coordenador de Mídias Digitais do Espaço Democrático, foi outro palestrante, tendo alertado os participantes sobre a necessidade de se estabelecer um relacionamento com o eleitor. “Distribuir santinhos na época das eleições não é mais eficaz, é necessário o contato contínuo e as redes sociais são eficazes”, disse. O encontro teve também palestra do deputado Júlio César sobre o pacto federativo e opções e investimentos no Nordeste e no Piauí.

  0 Comentários

  Publicações

  Para pensar