Kátia Abreu e Patah debatem com Meirelles sobre os rumos da economia

Compartilhe
TwitterFacebookWhatsApp

Kátia Abreu, Henrique Meirelles e Ricardo Patah discutem oportunidades para o Brasil em 2012

Avançamos rapidamente nos últimos anos, mas ainda falta muito para chegarmos a uma situação que reflita todo o potencial da nação e do povo brasileiro. Esse foi o recado que o ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, levou aos filiados do Partido Social Democrático (PSD) e convidados que participaram da cerimônia de lançamento do Espaço Democrático, em Brasília, no dia 7 de dezembro.

Em palestra seguida de debate com participantes do encontro (veja abaixo), Meirelles enfatizou que o Espaço Democrático – fundação criada pelo PSD para realizar estudos e eventos de formação política – pode contribuir de forma decisiva nesse processo de avanço social e econômico. Para ele, é hora de analisar com seriedade os desafios que o País tem pela frente e propor ideias que permitam aproveitar ao máximo as oportunidades hoje presentes no cenário internacional.

O ex-presidente do Banco Central lembrou que o Brasil enfrentou e superou seus antigos problemas com as contas externas e atingiu uma estabilidade que o ajudou a resistir aos efeitos da crise econômica mundial de 2008/2009. “Mostramos que estabilidade é condição necessária para o crescimento. Geramos riquezas, criamos empregos e saímos mais fortes da crise, enquanto os países ricos superaram uma para cair em outra”, disse.

Em sua opinião, no entanto, a atual situação econômica internacional é preocupante. “Nenhum país está imune à crise. Corremos o risco de uma recessão profunda, mas o Brasil tem condições de enfrentar essa ameaça com o aumento de seu mercado interno”, afirmou, lembrando que, graças às correções feitas nos últimos anos, o País tem hoje condições de continuar pensando em longo prazo, apesar da complicada situação externa.

Nesse sentido, continuou, o desafio é pensar em produtividade, em produzir mais com menores custos, investindo em educação, infraestrutura, segurança, racionalização da tributação e assim por diante. “É essencial abrir oportunidades para mais investimentos do setor privado. Temos hoje a nosso favor o grande interesse dos investidores externos em aplicar aqui os seus recursos. Para aproveitar isso, é fundamental ter uma gestão pública eficaz e criar oportunidades regulatórias para que nossos empreendedores possam empreender e crescer”, afirmou Meirelles.

Exatamente por isso, concluiu, o Espaço Democrático pode dar uma grande contribuição ao nosso País. “Temos que estar cada vez mais preparados para aproveitar as oportunidades que surgem, temos que continuar criando empregos e trabalhando de forma competitiva. Cabe a todos nós debater estas questões e apresentar ideias que ajudem o Brasil a aproveitar ao máximo esse cenário de oportunidades”, disse.

Veja a seguir vídeo com os principais trechos do debate realizado após a palestra de Meirelles, com a participação da senadora Kátia Abreu (TO) e do presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, coordenadores de Conselhos Temáticos do Espaço Democrático.

 

  0 Comentários

  Publicações

  Para pensar