Pesquisar

tempo de leitura: < 1 min salvar no browser

{ DIÁLOGOS NO ESPAÇO DEMOCRÁTICO }

O liberalismo e a nova direita no Brasil

Programa de TV da fundação do PSD conversa com a cientista política Camila Rocha, autora do livro Menos Marx, mais Mises – O liberalismo e a nova direita no Brasil

 

 

 

O surgimento de um forte movimento de direita no Brasil, consolidado com a eleição de Jair Bolsonaro para a presidência da República, em 2018, surpreendeu muita gente, mas não nasceu do dia para a noite. “A gênese desta nova direita está no Orkut, rede social que antecedeu o Facebook, quase 15 anos atrás”, aponta a cientista política Camila Rocha em entrevista ao programa Diálogos no Espaço Democrático, produzido pela TV da fundação do PSD e disponível em seu canal de Youtube – a conversa também pode ser ouvida no podcast do Espaço Democrático. “No Orkut personagens muito conhecidos atualmente eram vistos trocando ideias que hoje circulam entre lideranças expressivas da direita”, lembra ela.

Camila, que é mestra e doutora em Ciência Política pela Universidade de São Paulo, acaba de lançar o livro Menos Marx, mais Mises – O liberalismo e a nova direita no Brasil (Editora Todavia), fruto de uma pesquisa que ganhou os prêmios de melhor tese de doutorado da Associação Brasileira de Ciência Política e de Tese Destaque USP na área de Ciências Humanas.

Ela conta que o trabalho nasceu da constatação da absoluta carência de bibliografia sobre a direita contemporânea desde a redemocratização do Brasil. “No momento em que iniciei a pesquisa, a América Latina vivia a chamada onda cor-de-rosa, como foi chamada a eleição de vários presidentes de esquerda e centro-esquerda no continente, mas eu enxergava que a direita poderia vir a ser relevante em um futuro próximo, o que acabou acontecendo”.

Camila foi entrevistada pelo jornalista Sérgio Rondino, âncora do programa de entrevistas e debates, com o economista Luiz Alberto Machado, o ex-embaixador Andrea Matarazzo e os cientistas políticos Rogério Schmitt e Rubens Figueiredo.


ˇ

Atenção!

Esta versão de navegador foi descontinuada e por isso não oferece suporte a todas as funcionalidades deste site.

Nós recomendamos a utilização dos navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox ou Microsoft Edge.

Agradecemos a sua compreensão!