Pesquisar

tempo de leitura: 2 min salvar no browser

Para Schneider, distribuição de recursos é o grande tema da área educacional

O coordenador do Conselho Temático de Educação do Espaço Democrático e secretário municipal de Educação de São Paulo defende reformulação da partilha de recursos entre as três esferas do poder público – União, Estados e Municípios.

Reunião do Conselho Temático de Educação do Espaço Democrático

Quando se buscam soluções para os problemas que o País enfrenta hoje na área da educação, a primeira e mais importante questão é como distribuir a responsabilidade e os recursos do ponto de vista federativo. A opinião é do coordenador do Conselho Temático de Educação do Espaço Democrático e secretário municipal de Educação de São Paulo, Alexandre Schneider, que na terça-feira (14/02) participou da primeira reunião do grupo, na qual definiu com o diretor do Núcleo de Estudos do Espaço Democrático, Amaury de Souza, a metodologia do trabalho que irá desenvolver. Os conselhos foram criados com o objetivo de discutir as grandes questões nacionais e propor soluções, auxiliando o partido e suas bancadas parlamentares na definição de bandeiras e projetos.

Para Schneider, o grande tema dos próximos anos será a reformulação da partilha de recursos entre as três esferas do poder público – União, Estados e Municípios, para garantir aos municípios uma expansão necessária na área da educação infantil e na manutenção do ensino fundamental. Além disso, afirma o secretário de Educação de São Paulo, “é preciso também desenvolver um ensino médio que esteja de acordo com as necessidades dos alunos desta faixa etária”, para oferecer um ensino que prepare os jovens para as universidades ou deixe-os aptos para o mercado de trabalho. “O ensino médio talvez seja o grande desafio da educação no Brasil. Precisamos não só de um ensino mais atrativo, mas que faça sentido para os alunos e também para a própria sociedade”, conclui.


ˇ

Atenção!

Esta versão de navegador foi descontinuada e por isso não oferece suporte a todas as funcionalidades deste site.

Nós recomendamos a utilização dos navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox ou Microsoft Edge.

Agradecemos a sua compreensão!