Pesquisar

tempo de leitura: < 1 min salvar no browser

{ DIÁLOGOS NO ESPAÇO DEMOCRÁTICO }

Queda na arrecadação de impostos ameaça investimentos na segurança pública

Entrevistado pelo TV Espaço Democrático, ex-ministro Raul Jungmann falou sobre os desafios após a pandemia

 

A queda dramática da arrecadação de impostos será um dos grandes desafios que os Estados enfrentarão para fazer a gestão da Segurança Pública, passada a pandemia do coronavírus. A previsão é do ex-ministro da Defesa e da Segurança Pública Raul Jungmann em entrevista para o programa “Diálogos no Espaço Democrático”, produzido pela TV da fundação do partido e disponibilizado no Youtube.

Segundo ele, a violência tende a se agravar e os Estados terão de fazer atualizações em seus protocolos, inclusive para proteger os agentes de segurança. “Os policiais precisarão de equipamentos de proteção individual, vagas em hospitais e necessitarão de apoio até mesmo para as suas famílias”, diz.

Jungmann foi entrevistado pelo sociólogo Tulio Kahn, pelo cientista político Rogério Schmitt e pelo jornalista Sérgio Rondino. Os coronéis Álvaro Camilo e Marcelo Vieira Salles, ambos ex-comandantes da Polícia Militar do Estado de São Paulo, também participaram do programa.

Na entrevista de quase uma hora, Jungmann tratou de importantes temas, como a ideia de fusão das polícias civil e militar e a extinção do Ministério da Segurança Pública. Fez uma análise da atuação do ex-ministro Sérgio Moro à frente da área e comentou as propostas de flexibilização da posse de armas no País.


ˇ

Atenção!

Esta versão de navegador foi descontinuada e por isso não oferece suporte a todas as funcionalidades deste site.

Nós recomendamos a utilização dos navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox ou Microsoft Edge.

Agradecemos a sua compreensão!