Pesquisar

tempo de leitura: < 1 min salvar no browser

{ PUBLICAÇÃO }

Modelo de operação da polícia brasileira é quase caótico

Nova publicação do Espaço Democrático traz entrevista exclusiva dos especialistas em segurança pública Carolina Ricardo e Renato Sérgio de Lima

 

 

 

O Brasil tem 84 polícias operando em seus 26 Estados e no Distrito Federal, cada uma delas fazendo metade do trabalho, quase sem convergência e com regras próprias, condição que torna quase impossível avaliar resultados do aparelho de segurança pública nacional. É um caso único no mundo.

Esse é um dos diagnósticos sobre o modelo policial brasileiro feito por dois especialistas no assunto: Carolina Ricardo, advogada e socióloga que é diretora-executiva do Instituto Sou da Paz, e o doutor em sociologia Renato Sérgio de Lima, diretor-presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e professor do Departamento de Gestão Pública da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, da Fundação Getúlio Vargas.

Eles são os principais personagens da mais recente publicação do Espaço Democrático – a fundação para estudos e formação política do PSD –, intitulada Polícia no Brasil: Nosso modelo precisa mudar?, já disponível para leitura online ou download gratuito.

É o 11º fascículo da série Diálogos no Espaço Democrático publicado este ano. Ele traz a íntegra da entrevista dos dois especialistas ao canal de Youtube da fundação. Carolina e Renato Sérgio foram entrevistados pelo sociólogo Tulio Kahn, pelo secretário-executivo da Polícia Militar do Estado de São Paulo, coronel Álvaro Camilo, e pelo jornalista Sérgio Rondino, âncora do programa de entrevistas.


ˇ

Atenção!

Esta versão de navegador foi descontinuada e por isso não oferece suporte a todas as funcionalidades deste site.

Nós recomendamos a utilização dos navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox ou Microsoft Edge.

Agradecemos a sua compreensão!